Arquivo mensal: fevereiro 2009

Bem vindo ao inferno!!!!

Olá pessoal!

Eu estava de bobeira na net quando vi este trailer e decidi dividir minha opinião com outras pessoas. Se alguns de vocês acompanham o blog a algum tempo devem ter lido meu post sobre a sindrome do ninja americano. Caso não tenha lido dê uma olhada aqui para entender melhor sobre o que irei falar.  Bom, eu estava dando uma olhada no Omelete, quando vi o primeiro trailer de Dante’s Inferno, game de ação da EA que irá mostrar a voltinha de Dante Alighieri ao Inferno atrás de sua amada Beatriz. 

 

 

O Game terá o sistema de jogo já clássico de God of War em que você combina combos devastadores, violência e sequências certas de botões para destroçar seu inimigo. Considerando pelo trailer poderemos esperar por grandes batalhas épicas contra os monstrengos do inferno e claro porradaria insana no final contra o próprio Capeta!!! O game é baseado no primeiro poema épico da trilogia Divina Comédia escrita pelo próprio Dante em meados de  1300. O inferno é o mais famosos por sua descrição detalhada e assustadora de um fosso dividido em 9 círculos com todo tipo de penúria para os pecadores por toooooooda a eternidade. Com certeza isso irá influenciar nao game e você deve passar pelo menos por nove fazes enfrentando os demonios e pecadores do inferno. 

Ai vc se pergunta:” o que o ninja americano tem a ver com isso!!?” Pois é como podem ver, Dante virou um herói bombado e cheio de armas (por um instante ele pareceu o Ryu do Ninja Gaiden não pareceu?) com um arsenal bélico e arcano poderoso para atravessar os nove círculos na porrada e explodir tudo. Bem diferente do Dante original que era um poeta frágil e depressivo pela morte de sua amada. Ele era guiado por Virgílio, o autor da Iliada, na verdade seu  escritor preferido e a sua viagem era mais reflexiva e contemplativa.  No original ele encontrava com personalidades da épocaque ele não julgava “virtuosas” no inferno e fazia uma crítica a sociedade itliana de 1300. E com o jeitão “ninja americano’ transformaram a viagem de redençaõ de Dante em uma busca por vingança. Tudo bem que fazer um cara descer até o mais profundo inferno por sua amada é tentador demais mas achei engraçado como conseguiram transformar em um filme do Swasnnegger. 

Antes que me critiquem não estou achando ruim. Adorei a premissa do game e se tiver a oportunidade jogarei sim. Existem criaturas no inferno de Dante que dariam chefes imprecionantes. Mas, eu só quis usar o game para ilustrar o desejo de destruição dos americanos que sempre transformam tudo em explosões e mais explosões, com certeza não saberão aproveitar tudo que a Divina Comédia poderia se tornar em um game de ação mesmo que tentem… O fato de Dante aparecer usando uma cruz, de forma bem clichê, mostra isso. O problema todo será se o game não conseguir ser tudo que se propõe,  manchando de forma triste uma grande obra mundial. Uma pena.

P.S. realmente ver dante de armadura, carregando uma foice gigante e decendo o sarrafo com uma cruz em demonios foi no mínimo estranho…

P.S. eu li a Divina Comédia a tempos atrás e adorei o inferno por sua descrição detalhada, muito mais detalhada que o purgatório ou o paraíso.

P.S. Chama-se Divina Comédia por que na époc aemque foi escrita Comédia se referia a poema.

P.S. é intereessanteobservar que o livro era uma obra romantica, com a santificação da mulher, e o sofrimento do protagonista que amava sem nunca te-la.  Sim eu prestava a atenção nas aulas de literatura…

P.S. Havia um momento de ação no livro quando Dante e Virgílio são perseguidos pela Malebranche, a guarda de elite do oitavo círculo. Será que eles serão chefes do game?

P.S. o jeito como Dante descreveu o inferno se tornou referencia em várias outras histórias posteriores, afinal o cara detalhou tão bem o lar do pemba que nem compensava tentar fazer algo melhor.

 P.S. caso você não tenha sacado ainda, o Dante de Devil May Cry tem esse nome justamente devido a obra de Alighieri…

Anúncios

Adamantium e fator de cura

Olá Pessoal! 

Estou aqui para mostra minha surpresa em relação ao filme do baixinho canadense preferido dos fãs de quadrinho, X-men Orgins, Wolverine. 

Como podem ver teremos a participação clara de Ciclope no filme  oque indica que o filme irá linkar com o primeiro da famigerada trilogia. Ao ver este comercial de TV eu entendi porque afinal de contas o filme se chama X-men Origins e não apenas Wolverine. Da pra ver que  Ciclope irá aparecer adolescente e teremos outros personagens. Mas enfim o grande problema é que isso me assutou quando eu vi. Ou o filme tem 3 h de duração para contar todas as histórias e mostrar todos os personagens que se propoe. Ou será uma escrota micelania corrida e com ritmo rápido demais. Meu medo é que seja como o famigerdo X-men Confronto Final onde tinha muitos personagens pra pouco filme. Considerando a cagada imensa que fizeram naquele filme que tinha tudo pra dar certo… e acreditem eu esperava mesmo que desse pelo início dele, mesmo com o Fera político… Mas enfim vamos esperar pra ver.  Acho que no final vai ser só um bando de explosões e destruiçaõ sem sentido. Uma pena esperava mais. 

P.S. Ainda acho que dois filmes, um baseado na história da micro série Origem e outro só focado na armja x seriam mais bem aproveitados. 

P.S. Tudo bem que Logan encontrou com um monte de gente antes dos X-men mas amaioria dos personagens que estão no filme sequer tinham nascido antes do canadense colocar o metal mais duro do mundo no corpo. 

P.S. Eu tinha me empolgado com o filme. Agora estou começando a “desemplogar” por causa da quantidade de mutantes do filme, vai ser como X-men, só o wolverine resolve tudo e o restante serve só como enfeite de cena. 

P.S. Adoro o Gambit mas já vi que no filme ele parece não ter nem falas…. 

P.S. Caso vc não tenha visto dê uma olhada na minha visão de um X-Men 3 que imaginei assimque vi aquela aberração…. Confira aqui memso no blog 

P.S. Notaram que estou meio pessimista com as produções futuras? Acho que estou ficando velho e provinciano…

His coming…

Olá pessoal!!!!

Cá estou eu novamente para falar de uma das minahs franquias preferidas.  God of War. Saiu um novo trailer do terceiro game da série que irá ser lançado para PlayStation 3 no final do ano. 

 

Bom como podem ver teremos a violencia e a pancadaria tradicionais de Kratos. Ainda foram anunciados novos deuses, novos sistemas de jogo com novos movimentos , como usar inimigos de escudos (coisa bem ao estilo do fantasma de Sparta) e muito mais. As novas armas prometem como os socos ingleses em forma de cabeça de leão que vemos n trailer.  os inimigos serão comandados por um líder mais forte oque promete estratégias mais perigosas de serem venciadas. Enfim God of War 3 promete ser como os anteriores, divertido e esletrizante.

P.S. Minha tietagem pode ter influenciado minha opinião sobre o game. 

P.S. Kratos é o tipo de herói que deixa aflorar seu lado mais cruel e sádico…

P.S. Chutar o traseiro dos deuses defrinitivamente vai ser muito bom!

P.S. Sinceramente nunca joguei um jogo que me deixasse taõ feliz de vencer osdesafios como os dosi primeiros God of War…

Trailer do G.I.Joe no Super Bowl!!!

Olá pessoal!!!

Muita gente deve identificar meus posts e os de nosso amigo  El Ray logo de cara por nossas saudações e por ele sempre iniciar explicando porque não postou nada nos ultimos três a quatro meses (tem também o nome do aut0r do Post ali em cima mas isso é um detalhe…). Eu sempre fico feliz de ver que mais alguém além de mim  escreve para o blog e que pelo menos da uma olhada.

Bom agora vamos ao que me levou a escrever aqui hoje. Os mais antenados, já devem ter visto mas mesmo assim eu gosto de colocar no blog pra comentar. Antes uma explicação rápida. A final do Super Bowl é um dos eventos mais assistidos da TV americana e mostra o ultimo jogo da liga de Fotebol americano. Como é domingo a tarde todo mundo vê mesmo porque os intervbalos são recheados de shows caríssimos e e teasers de filmes. Imagine fazer milhões verem em primeira mão o trailer do seu filme que será lançado em algusn meses!? Pois é o efeito publicitário é indescritível.  Por isso que os estúdios mais bonados aproveitam a final pra descerem o sarrafo comprando alguns segundos do intervalo se espremendo entre os comerciais. 

Neste ultimo domingo entre os trailers tivemos o de G.I.Joe: Rise of COBRA (Ou a origem de COBRA em portugês) o filme que adapta a mais lendária coleção de bonecos de ação da história da humanidade (pode parecer hipérbole mas se vc pesquisar vai ver que eu tenho razão). No rapidíssimo trailer, muito rápido mesmo, vemos alguns dos personagens clássicos e pequenas palhinhas das cenas de ação que prometem ser no mínimo exageradas (pra não dizer surreais). Bom eu não esperava menos do filme e fiquei salivando para ver os G.I.Joe explodindo tudo contra os COBRA. Bom agora é esperar até o longínquo Agosto pra assistir ao filme.  Pra vc que não viu olha ai em baixo 

 

Aqui agora umas novas fotinhas dos cartazes do filme. Agora eu percebi que a Baronesa é mais protagonista que as mocinhas…  

 

   

Storm Shadow

Baronesa

Snake Eyes

 

Scarlet

Ripcord

 

Duke

P.S. Fico feliz de saber que mais alguém além de mim escreve no Blog, embora nosso amigo deveria escrever mais… 

P.S. Perceberam que enchi opost de parenteses (não faço isso com essa frequencia…)?

P.S. eu realmente quero ver a Baronesa e seu decote….

Animes Series – Code Geass: Lelouch Of The Rebellion

Hi people! ^^

Antes de mais nada gostaria de desejar um feliz ano novo atrasadíssimo, e que vocês aproveitem bastante esse ano, inclusive o carnaval que está bem perto né.

Contrariando alguma fontes obscuras, eu ainda não morri…não queria desapontar os meus inimigos (bem…não sei quem são mas devo ter…todo mundo tem, por que eu não teria também?) contando isso, mas foi mais forte que eu.
Era pra ter feito um post novo nesse ano há mais tempos, mas sempre acontece algo (internet deu problema justo no fim de semana quando tenho tempo, viajei para fazer cursos do serviço, etc)…mas ninguém ainda descobriu o verdadeiro ponto fraco para evitar os nossos posts (mas seria bem útil se alguém descobrisse…ajudaria muito nesse mundo capitalista).

Cortando um pouco do papo furado…
Gostaria de salientar que apesar de não estar postando (só o amigo lightsaber sabe a dureza de postar sozinho…na realidade ele compartilha bastante seu desolamento comigo, até mais do que deveria; mas na falta de outros membros para reclamar…digo…desabafar né…), continuo sempre vendo e analisando o conteúdo do blog como sempre. Não realizo mais as minhas análises ortográficas nos posts dos companheiros, mas gerencio a entrada dos comentários, sempre o mais rápido possível aliás…recebi no email, está aqui hehehe.

E antes do que realmente interessa (Sei que está pensando: “Meu Deus, será que ele não vai parar?”, mas tenha calma, estou aproveitando o momento…), gostaria de agradecer ao pessoal que sempre aparece para marcar presença no blog.
Desde aqueles que acabam aqui depois de resultados bizarros de pesquisa no Googles, até aqueles que vem aqui por livre e espontânea vontade. Muito obrigado por usar seu tempo ocioso (ou não) nos prestigiando.

Mesmo que as vezes nossa vida (para não dizer trabalho) não nos permita postagem, continuamos alcançado a marca mínima de 110 views por dia e a marca lendária de 4,059 views no mês de Dezembro. Continuem assim! Quem sabe um dia a gente não ganha patrocínio, largamos nosso empregos pra viver disso e nos aposentarmos com uma fortuna incalculável…mas bem, sabemos que no final disso acordaríamos com torcilo para poder ir comprar pão…então deixa pra lá essa idéia a lá “Pink & Cérebro” pra outro dia.

Hoje vamos falar de um anime que foi febre há pouco tempo atrás. Na época em que todo mundo falava dele eu nem liguei muito, mas acabei pegando pra assistir no final do ano passado e achei bem interessante.
Estamos falando de Code Geass : Lelouch Of The Rebellion.

Code Geass - Lelouch Of The Rebellion

Code Geass - Lelouch Of The Rebellion

Code Geass: Lelouch of the Rebellion é um anime criado pelo Estúdio Sunrise, foi escrito por Ichiro Okouchi, e teve o aparência de seu personagens (character design) foi desenvolvida pelo Estúdio Clamp.

A série começou no Japão em 5 de Outubro de 2006 e foi finalizada em 28 de Julho de 2007; com um total de 25 episódios (27 contanto os episódios especiais que contam um breve resumo da série até determinado ponto).Uma sequência chamada de Code Geass: Lelouch of the Rebellion R2 (a qual pretendo abordar assim que assistir) começou a ser exibida em 6 de Abril de 2008 e acabou em 28 de Setembro de 2008, com mais 25 episódios.

Karen, Lelouch, Susaku, C.C.

Karen, Lelouch, Susaku, C.C.

A história se passa num universo alternativo, onde no ano de 2010, o poderoso Império de Britannia (uma aparenta fazer ilusão a Europa), que já vinha conquistando todo o mundo, ataca o Japão usando uma nova tecnologia de máquinas de combate chamada de Knightmare Frame ( Knightmate viria de Knight= Cavaleiro + Nightmare= Pesadelo e Frame seria uma referência a robôs com forma humanóide usados para combate).
Em menos de um mês o Japão é derrotado perdendo sua honra, seus direitos e seu nome, passando agora a ser chamado de Área 11 (Referência ao número crescente de áreas conquistadas pelo império de Britannia).

Lelouch

Lelouch

Os japoneses, agora chamado de “Eleven“(11 em inglês), são obrigados a viver na pobreza e humiliação contínua em meio a uma populção de Britannians que agora vivem lá e são como nobres. Uma resistência existe, formada por algumas organizações remanescentes do Japão, mas sendo pequena, pouco a pouco vem sendo suprimida pelo poderoso Império de Britannia.

Lelouch e Knightmare Frames

Lelouch e Knightmare Frames

Nessa mesma época, Lelouch Lamperouge, um dos filhos do Imperador de Britannia, sofre um atentado em sua casa que acaba por matar sua mãe e deixa sua irmã paraplégica e cega. Culpano seu pai por não ter evitado a morte de sua mãe, Lelouch jura se vingar destruindo Britannia.
Após sete anos, durante um incidente com terroristas na área 11, ele encontra uma misteriosa garota chamada C.C. que propõe um acordo: se ele prometesse ajudá-la a cumprir um certo objetivo, ela concederia o poder que ele precisava para realizar o seu sonho.

Sem hesitar ele aceita e recebe um poder chamado Geass, que será o seu maior trunfo para conseguir destruir de uma vez por todas o império de Britannia e é a partir daí que a história realmente começa.

O plot principal da história gira em cima da vingança de Lelouch, que é um jovem inteligente que tem uma mente estratégia brilhante. Agora jogar xadrez, e acaba achando os homens a seus serviço são como peças de xadrez, não tendo muita misericórdia ou receio de usá-lo em estratégias arriscadas. Ele que de todo jeito, se vingar de Britannia e criar um mundo pacífico onde poderá viver em paz com sua irmã Nunnaly, não importa o que isso custe.

Seu amigo de infância, Suzaku Kururugi, é um Britannian Honorário (um japonês que mostrou sua lealdade a Britannia, mas que mesmo assim é mal visto pelo Britannians por ainda assim ser um Eleven) e é um soldado de Britannia. Numa virada do destino acaba sendo o piloto de teste para o mais novo modelo de Knightmare Frame criado pelo setor de desenvolvimento de Britannia: Lancelot. Como seu resultados de compatibilidade beiram 100%, acaba sendo selecionado como piloto cativo do modelo. Aliás, ele é o oposto de Lelouch, sendo ágil, forte e um excelente piloto.

Durante a história, Lelouch se vincula a uma pequena resistência local e começa a causar dor de cabeça em alguns setores da Área 11. Para não revelar sua verdadeira identidade, ele usar uma roupa diferente, uma máscara e se auto intitula Zero.

O poder chamado Geass é uma habilidade misteriosa. Enquanto faz contato visual direto com o alvo, Lelouch pode dar uma ordem e o alvo é obrigado a cumpri-la, mesmo contra sua vontade. Mas esse poder só pode ser usado uma vez  conta cada alvo. A medida em que a história avança, mais fatos vão sendo revelados a seu respeito e origem, mas no geral, o Geass é um poder relacionado com habilidades mentais (como o “controle da mente” criado pelas ordens de Lelouch).

Suzaku, Euphemia, C.C., Lelouch

Suzaku, Euphemia, C.C., Lelouch

Agora vamos as análises, pois fica difícil explicar mais sem dar spoilers.

Apesar do estilo visual de desenho da meninas da Clamp não ser o preferido de alguns, o traço do desenho é muito bom e bem feito. Certos “efeitos especiais” em 3D para mostrar o funcionamento dos Knightmares ou do Geass são muito bonitos e bem trabalhados.

A trilha sonora do desenhos é um deleite a parte. Em sua maioria, é composta segue um gênero clássico com algumas exceções, o que é bem encaixado em um anime que se baseia tem muito embasamento de nobreza e imperialismo. As músicas de abertura e fechamento também são muito boas.

A história é envolvente e interessante, pois há medida que avança, acontecem muitas reviravoltas e pontos decisivos que supreendem quem está assistindo. Acabam sendo abordados alguns pontos em que você para para pensar se o objetivo principal é mais importante do que princípios de ética e humanismo e se vale a pena sacrifícios para alcançar o que se almeja. Principalmente pelo fato de que o preço a se pagar sempre é muito alto.
A mistura de poder sobrenatural, com robôs, guerra civil e conflito de interesses parece bizarra mas foi bem constituída e não atrapalha o desenrolar de tudo.

A série termina num impasse no último episódio, exigindo que se veja a continuação para poder descobrir como a história realmente acaba.

O mangá segue o foco básico do anime, apenas com algumas pequenas diferenças sutis. Foram lançados quatro mangás diferente  no Japão, onde cada uma ocorre numa realidade diferente tendo personagens principais diferente e em algumas deles, os Knightmares Frame não exitem; além de encontrarmos usos diferentes para os poderes relativos ao Geass.

Chegaram a ser lançados três jogos: dois para Nintendo DS, e um para Playstation 2 e Playstation Portátil. Pelo que eu li rapidamente da descrição dos jogos, nenhum foi interessante, então nem vou me dar ao trabalho de escrever aqui (Um parece de minigames e outro parece com aquelas novelas gráficas que os japoneses adoram). O game de PS 2 é esse abaixo, o outro de Nintendo DS se refere ao Code Geass R2, mas foi a única capa que achei.

Hangyaku no Lelouch - Lost Colors

PS2 Games = Code Geass: Hangyaku no Lelouch - Lost Colors

Hangyaku no Lelouch R2 - Banjou no Geass Gekijou

Nintendo DS Game = Code Geass: Hangyaku no Lelouch R2 - Banjou no Geass Gekijou


Bem é isso. Mais uma boa pedida para se passar o tempo no fim de semana.
Em breve retornarei. Tenho que sentar a analisar qual será a próxima análise a ser feita.

Para aqueles que gostam dos posts, comentem falando o que acham sobre o anime em questão, dêem sugestão de animes sobre os quais gostariam de saber mais ou mesmo sugestões de assuntos interessantes sobre os quais gostariam de saber sobre alguma outra área. Críticas (construtivas tá!) e sugestões são sempre bem-vindas e nos ajuda a evoluir as informações do blog e a sua qualidade. Fico no aguardo dos seus comentários então!

See Ya! ^^
P.S.0: Várias informações sobre dados técnicos forampesquisadas no site da Wikipédia. Algumas foram repassadas somente traduzidas e outras adaptadas.
P.S.1: Eu não poderia deixar de comentar qualquer coisa para gerar um PS…pobrezinho, já estava com saudades da minha pessoa.
P.S.2:Acredito que bati novamente meu recorde  de contagem de palavras nesse post conseguindo exatas 1682! Yes! xD
P.S.3: Estou começando a achar que eu atraio séries de conteúdo sem sentido e bizarro para assistir…medo…muito medo…