Arquivos do Blog

Super Sagas e Reboots parte 2

Olá Pessoal!

Cá estou eu novamente para a segunda parte de meu desabafo como fã de quadrinhos sobre as estratégias das duas maiores empresas do gênero. Você confere aqui o post sogre as super sagas da Marvel. Agora irei falar do Reboot, reset, trapalhada sei la como se pode chamar aquilo da DC comics.

Pois é para quem não esta atualizado a DC deu a louca e decidiu após uma saga resetar todo o universo e começar tudo de novo. Todas as revistas foram canceladas e 52 novos títulos serão lançados este mês nos E.U.A. reiniciando clássicos como Action Comics, a revista que apresentou o Superman,  além da Detetive Comics, que apresentou o Batman, e por ai vai. Com isso tudo o que aconteceu na empresa nos últimos 20 anos foi apagado da face da Terra. Ou pelo menos a maioria. Todo mundo de uniforme novo, alguns histórias novas e uma temática diferente para os personagens.

Todo de roupas novas e sem cuecas

A estratégia da DC gerou uma furia dos fãs. Por vários motivos, alguns incrivelmente inúteis (tinha fã nervoso por que mudou o uniforme dos personagens…) e outros bastante plausíveis (jogar anos de publicações no lixo é frustrante para quem acompanhou). Mesmo assim o reboot esta sendo um sucesso de vendas na terra do Tio Sam e a primeira, Liga da Justiça, foram vendidos mais de 100 mil exemplares, algo que naõ acontecia a muito tempo no mercado de quadrinhos. O restante já esta esgotado nas comic shops (para quem não sabe nos EUA as vendas são sob encomenda, você faz o pedido e o comerciante pede apenas quantas revistas foram encomendadas na loja).

Mas será que isso é bom como parece? A DC já fez alguns reboots de suas revistas, o ultimo foi em meados dos anos 80 onde tudo começou de novo mas sem resetar os números das revistas, pelo menos da maioria. Eu tive acesso a primeira rvista da Liga da Justiça e sinceramente se fosse comprador americano teria parado por ai. A história é corrida, confusa e sem final, nem meio, nem mesmo um começo. Ela parece estar a anos na frente das revistas dos heróis o que fica incoerente já que foi a primeira a ser lançada. os desenhos dão a impressão que foi feita às pressas e apesar de ja´contar que o vilão da primeira saga será o Darkseid ( o unico vilão que presta para enfrentar o supergrupo da DC) tudo fica meio nebuloso. As criticas das primeiras novas revistas são boas para algumas como Detetive Comics e Action Comics, mas são péssimas para outras como Static Shocke ou Super Choque por aqui. Há ainda verdadeiras afrontas como uma revista dos apagados Rapina e Columba ainda mais desenhadas pelo famigerado Rob Liefield.

A Nova (nem tanto) Liga da Justiça

Rob Liefild é complicado...

Vemos uma atitude desesperada e sem pe nem cabeça já que a DC vinha liderando as vendas com suas próprias super sagas como A Noite Mais Densa, o Dia Mais Claro e só perdeu em Flashpoint, justamente a tal saga que mudou tudo. Porém O Dia mais Claro, consequência da saga anterior trouxe mudanças significativas ao universo, e agora nunca saberemos como os heróis resolveram elas já que ela nunca existiu!. Como leitor me senti traído principalmente por que as super sagas da DC estavam melhor resolvidas que as da Marvel embora sofriam do mesmo problema crônico de repetição.  Além disso a DC precisava recauchutar era seu panteão de heróis, muito cósmicos, futuristas, e principalmente repetitivos demais para um publico que tem como opção a Marvel com um panteão mais complexo. Ao invés disso deram um golpe de marketing e reiniciaram tudo fazendo o leitor de bobo por ele ter comprado e acompanhado as séries desde sempre.

Outro problema do reboot é a cronologia. Segundo este novo universo, o heróis surgiram a apenas cinco anos. Mas a Sociedade da Justiça, primeiro grupo de heróis do universo terá uma revista, o que não faz sentido já que se os heróis surgiram a cinco anos quando foi que apareceu a
Sociedade? Outro problema que causou uma sincope nos fãs foi os Robins. Todos eles estarão no mundo o que simplesmente não faz sentido já que o Batman existe a apenas cinco anos. Então quando ele treinou toda a pirralhada? A resposta da DC?: Robin é um programa de estágio! Isso mesmo os Robins são bat-estagiários. Então o Asa Noturna é o que? O Trainee? Existirá uma companhia financiada de Batmen em todo o mundo o que deve explicar essa história de estagiário, mesmo assim o reboot abriu um buraco gigante na narrativa. Já a Batgirl voltará a andar e não terá levado um tiro do Coringa, mas ela se lembra de ter levado o tiro!? Confuso? Eu também e as histórias ainda nem começaram…

Ela sabe que aconteceu alguma coisa, só não sabe o que...

Eu sinceramente acho que o Reboot deveria ter apagado alguns heróis do universo e buscado algumas explicações menos estranhas. Eu detesto as versões teen dos heróis como Superboy, KidFlash (meu mais odiado) e Moça Maravilha (sem contar que o nome é bem tosco) e estes deveriam ser anulados principalmente por que todos os heróis do mundo serão novatos e jovens, o que não faz sentido os heróis teens manterem suas homenagens aos grandes já que estes acabaram de iniciar a carreira. Se querem colocar os Jovens Titans colocassem a formação original sem os heróis teens que dava mais certo…

Super Malhação

Não sei se estas vendas continuarão bem com o tempo, talvez as histórias melhorem, mas se queriam começar tudo de novo com novos uniformes e mais modernos seria mais fácil e principalmente mais legal com os leitores se fizessem um universo ultimate da DC. Não precisava ter este nome e poderiam aos poucos encerrar as revistas originais com alguma história bacana de encerramento com grandes autores e finalmente acabando com os heróis já que um dia essa turma vai envelhecer… Este é o problema é que as histórias em quadrinhos mensais  e intermináveis já estão saturando os leitores que cada vez tem outras opções de lazer. As histórias fechadas, com começo e meio e fim  são mais atrativas e possibilitam uma versão mais aprofundada dos heróis do que esses arcos que logo são substituídos por outros e outros até você descobrir que tudo que leu na verdade nunca aconteceu por que um executivo achou que não estava sendo rentável. E este é o perigo, daqui a alguns anos todos os heróis serem resetados de novo.

P.S. Até gostei de alguns uniformes, e tirar a cueca por cima da calaça do Super era preciso

P.S. O que me surpreendeu foi a briga de fãs para tirar a calça da Mulher Maravilha, brigaram tanto até ela voltar a parecer uma stripper…

P.S. Me desculpem mas aquela turma teen da DC é que aprece programa de estágio.