Arquivos do Blog

Anime Series: Hades Project Zeorymer

Hi people! ^^

Antes de mais nada, vou aproveitar para comentar algo que esqueci no último post. Gostaria de agradecer, em nome do blog,  a todos que sempre acessam o nosso blog ou mesmo os passantes acidentais, pelas mais de 32000 visualições e também a todos que sempre comentam as postagens. Muito obrigado mesmo!
Aproveito para lembrar que os comentários sempre são bem vindos, sejam críticas, idéias, observações, pedidos, ou puramente comentários (porque não xP)…é uma forma legal de se medir o nível de interesse e agrado do pessoal que acessa o post, e para nos ajudar a compor o conteúdo e melhorar a qualidade.

Finalmente minha tablet chegou (não me lembro se já havia postado falando sobre ela, mas fazia anos que eu tinha vontade de adquirir uma) do USA, e devo confessar que é fenomenal poder usar um gadget como esse. Estou muito feliz por mais essa conquista, e futuramente, penso em até fazer um post falando sobre tablets para o pessoal conhecer melhor o que são e para saberem como escolher a sua na hora de comprar.

Voltando ao contexto…

Hoje vamos falar sobre um anime das antigas, e que trará saudosas lembranças as pessoas que assistiam a programação da extinta TV Manchete. Pioneira passando animes na TV brasileira, exibia vários títulos interessantes e foi nesse período que houve a “era dourada” dos animes em minha opnião, já que a variedade era legal, a dublagem era quase que ao pé da letra e não haviam cortes (não era esse lixo, com o perdão da expressão, que temos nos canais abertos hoje em dia).
Um dos programas exibidos pela TV Manchete se chamava U.S.Manga (em 1997), que televisionava vários OVA’s (Original Video Animation) licensiados pela produtora “U.S. Manga Corps“. Foram ao ar 11 animes diferentes.

O escolhido de hoje é o Hades Project Zeorymer ou Zeoraima (como foi chamado aqui no Brasil).

Zeorymer - Cartaz 1

Zeorymer - Cartaz 1

Seguindo as informações da Wikipedia como sempre, Zeorymer foi um mangá criado por Yoshiki Takaya (e escrito usando o pseudônimo de Chimi Morio…lembrando que o uso de pseudônimos é muito comum no Japão) e foi publicado numa revista de mangá adulto chamada Lemon People em Outubro de 1983 até Novembro de 1984. A adaptação para OVA, produzida pela Toshiba EMI e Youmex, e com a animação de AIC e ARTMIC Studios, reuduziu de forma significativa o conteúdo sexual explícito contido no mangá.

A história se passa num futuro próximo onde uma organização chamada de “Tekkoryu“, também conhecida como “Hau Dragon“, tenta dominar o mundo usando uma série de robôs gigantes. O modelo mais poderoso chamado de “Zeorymer Celestial” ou “Zeorymer do Céu” foi roubado por um dos membros e destruiu parte da organização.
Anos depois, a organização está reestabelecida e quer novamente conquistar o mundo e também quer se vingar da traição passada. Descobrindo que o governo japonês está em posse do robô, eles mandam um de seus guerreiros Hakkeshu (os pilotos que pilotam os robôes especiais) para destruí-lo.
Enquanto isso, um adolescente de 15 anos de nome Masato Akitsu, é literalmente sequestrado e forçado e pilotar o Zeorymer por uma garota chamada Miku Himuro, que diz que ele é o único que pode pilotá-lo e enfrentar a Hau Dragon.

Zeorymer - Cartaz 2

Zeorymer - Cartaz 2

Apesar de que algumas pessoas mais acostumadas com gráficos mais novos e avançados possam estranhar o que vou dizer…os gráficos do anime são muito bem feitos, principalmente o background (fundo das cenas).
Os OVA’s costumam ser assim, pois contém poucos capítulos. Mas, exatamente por isso, a história costumada ser muito corrida e cortar muitas coisas, principalmente quando baseada em um mangá ou livro (com exceção de extensões de animes que tem episódios extras ou especiais feitos em modelo OVA). No caso de Zeorymer, mesmo não tendo lido o mangá, a história parece ser bem coesa e é possível seguir tudo com um alto nível de satisfação.
Outra coisa interessante é que Zeorymer, Detonator Orgun, entre outros, são de uma época em que os traços dos robôs eram diferenciados, pois, depois do “fenômeno Gundam” surgiu, os designs quase sempre pareciam ser tê-los como base…não que fosse ruim, mas sempre é legal ver idéias inspiradas mas que ganham vida com personalidade e criatividade.

Zeorymer - Personagens 1

Zeorymer - Personagens 1

O som não é muito o forte de animes da época (em comparação com hoje em dia onde sempre temos bandas famosas compondo a trilha sonora dos animes), mas ainda assim é agradável e se adapta bem ao contexto.

A história em si é interessante, sendo dramática e instaurando situações complicadas…e exatamente por isso você percebe o porque de Evangelion (aliás, futuramente vou falar sobre ele aqui) ter sido baseado em Zeorymer. Fica bem claro enquanto você vai assistindo.
O Zeorymer em si, como o próprio anime situa, é a unidade mais forte entre os oito robôs (que são oito por se inspirarem nos elementos mitológicos japoneses que seriam fogo, água, vento, terra, lua, céu, montanha, raio/trovão, não necessariamente nessa ordem)…e exatamente isso que ligeiramente incomoda, pois ele é tão overpower que as batalhas perdem um pouco da graça.
Lógico que muita gente não vai se incomodar, mas se tudo fosse mais equilibrado, poderia dar uma adrenalina maior. De qualquer forma, ainda é interessante observar os robôs inimigos usandos vários ataques especiais elementais (com direitos a nomes e tudo) contra o Zeorymer e o mesmo mal soprar ( sem nenhum nominho diferente) e destroça-los. xD

Zeorymer - Personagens 2

Zeorymer - Personagens 2

Esse anime á uma ótima adição para a sua biblioteca, ou mesmo para constar no “Hall do que você já viu”. É um clássico e com certeza é recomendadíssimo, seja você um iniciante que quer ver como eram feitos os animes mais antigos ou alguém experiente que quer matar a saudades dos velhos tempos.

Aliás, como eu gosto muito de cultura japonesa, mangás, animes, desenho, etc…acredito que toda e qualquer “experiência visual” seja válida, pois você pode acrescentar algo mais na sua bagagem cultural. =)

Zeorymer Action Figure - Eu queria um desses...

Zeorymer Action Figure - Eu queria um desses...

Bem, por hoje é só pessoal! hehehe
No próximo episódio, muito provavelmente, vamos abordar outro anime clássico que compôs a programação da U.S. Mangá: Detonator Orgun.
Então não percam o próximo capítulo dessa nossa saga referente ao acervo de animação japonesas ok!

See Ya! ;D

P.S.: Se alguém, por acaso, souber onde posso encontrar os filmes de Evangelion, eu agradeceria muito se pudessem me comunicar por comentário…já que só não falei sobre Evangelion ainda pelo fato de querer ver os filmes primeiro. xP

P.S.2: Reforçando o que eu disse no início, se tiverem dicas, comentários, críticas, idéias para postagens ou assuntos, sugestões, ou qualquer outra coisa, deixem sua marca no blog comentando ok people!

P.S.3: Hell Yeah baby! Tablet Power rules Dude! \o/