Arquivos do Blog

Raios, Raios e trovões!

Ligtsaber

Olá Amigos!. Voltamos a postar após um longo e tenebroso inverno! Agora vamos ao que interessa. Sei que já é noticia velha que o filme já esta a semanas em cartaz e etc. Mas como só vi ele ontem tenho que dividir minha opinião sobre ele!

Thor!

Eu não estava empolgado em ver o deus do trovão nas telonas. Os trailers não me animaram e eu confesso que só fui ver o filme por causa da Natalie Portman e da Kat Dennings. Talvez por isso o filme me pareceu tão bom. E claro se fosse ruim tinha Natalie Portman e Kat Dennings como nerds que entendem de física quântica! E isso não quer dizer que o filme seja bom. ele só não é tão ruim..

Antes de qualquer coisa um pouco de mitologia e origem do herói Marvel. Na mitologia nórdica Thor é o deus da guerra e do Trovão, filho de Odin, deus dos deuses, que é famoso por suas histórias de bravuras e pelo seu comportamento típico de viking. Com seu martelo mágico Mijolnir e sua biga puxada por bodes ele viajava pelo mundo enfrentando gigantes, monstros e demonios. Muitas vezes acompanhado pelo irmão adotivo Loki, o deus da trapaça, que não é necessariamente mal mas também não era bonzinho e sua lingua ferina os ajudou, e atrapalhou em diversas ocasiões.

Na mitologia Thor é ruivo e mais nervoso

Na Marvel Thor é o filho de Odin e é expulso de Asgard, a morada dos deuses, por seu comportamento impulsivo e descontrolado. Ele é enviado À Terra para ter uma lição de humildade. aqui ele encarna o médico manco Donald Blake e por isso  aprende a cuidar dos seres humanos e zelar por eles. Aqui ele se apaixona pela enfermeira Jane Foster com quem teve um romance que hoje em dia não é mais lembrado. Durante uma invasão alienígena (!) Donald encontra seu martelo em uma caverna e ao empunha-lo se torna o poderoso Thor onde enfrenta os aliens e passa a ajudar os fracos e oprimidos. Loki é o arquivilão de Thor nos quadrinhos e busca o controle da terra dos deuses e por isso arma várias emboscadas para o deus do trovão e seus companheiros humanos. Tudo entendido? Ok então vamos ao filme.

Na Marvel Thor anda escanhoado ultimamente

Primeiro vamos falar dos pontos positivos. Achei o filme bom no todo, tem um ritmo bom, embora seja meio fraco quando passa a ser na Terra, história simples e cativante, um pouco infantil talvez, sem muita enrolação, mas faltou alguns pontos que falarei depois. Apesar dos ângulos de câmeras diagonais o visual do filme estava muito bom para a adaptação dos quadrinhos de Thor. Os deuses ficaram bem menos espalhafatosos que na revista o que me agradou embora não tenha gostado do Loki… Anthony Hopkins interpretando Odin foi muito legal.

Odin!

O filme adaptou duas versões da origem do herói nos quadrinhos, a clássica em que ele vem a Terra e se torna o médico Donald Blake e se apaixona pela enfermeira Jane Foster e a versão do universo Ultimate da Marvel onde o personagem é considerado um mendigo louco que diz ser filho de Odin. Porém há mudanças claras, dentre elas Jane Foster é uma cientista e Thor é mandado à Terra porém com sua lembrança de ser um deus. Com isso temos algumas piadinhas como ele se comportar como um viking à mesa, unico momento onde ele parece um viking, e não conhecer nosso mundo. Christopher Hemsworth tem cara de Thor de sex shop mas até age como tal no início. Mas acredito que na caracterização faltou um pouco daquele linguajar shaksperiano das revistas. Os efeitos ficaram muito legais, a armadura Destruidor ficou muito bacana e os gigantes de Gelo realmente me convenceram. As poucas (sim poucas) cenas de ação são muito bacanas. Só a batalha final que deixou um pouco a desejar…

O grande trunfo do filme está na forma como a história é conduzida para o filme dos Vingadores. Com isso a ciência e a magia inerentes ao universo de Thor são bem casadas no filme sem soarem distoantes entre si. a participação da Shield é fantastica principalmente a do  SPOILER ALERT! Gavião Arqueiro. Aliás se teve um momento no filme que me empolguei foi na sua aparição, que também esta ao estilo ultimate Marvel. Mas esses momentos corelacionados sãos os melhores da terra onde o filme perde um pouco o gingado.

Agora vamos aos problemas.

Faltou quatro coisas que deixariam o filme praticamente perfeito para uma adaptação. Mais relâmpagos, mais capacete, mais humildade e Balder. Durante todas as cenas de ação você fica lá esperando Thor descarregar rajadas de eletricidade divina para todo o lado e… nada. Acho que contei três ataques com trovão em todo o filme, tudo bem que foram os golpes finais, estilo super combo de videogame mas faltou. O cara é o deus do trovão poxa! Não entendi porque tiraram o capacete do Thor. Sei que ele não usa elmo nos Supremos mas no filme ele tinha o capacete e então por que não ficou com ele. Você vai enfrentar um exército de gigantes de gelo e vai com a cabeça desprotegida para facilitar o trabalho deles?
Mas tudo isso passaria batido se não fosse dois problemas. A lição de humildade que o filme se propõe é rasa e pouco convincente. Há elementos que se você prestar a atenção são lições de humildade como ele naõ conseguir pegar o martelo inicialmente ou o tratamento que ele recebe de Jane Foster e as conversas com os humanos. Mas isso não convence. Ele teria de ter mais momentos de humildade com seu corpo mortal e suas limitações. Isso ficou pouco explicativo no filme e meio a toque de caixa.

Outro problema do filme é a ausência de  Balder. Onde estava o irmão mais novo de Thor? Nos quadrinhos ele é o melhor amigo de Thor, já foi soberano de Asgard, esta lá sempre dando uma forcinha e sequer é citado no filme. Os Três guerreiros nem tem tanto destaque assim. Mas poderiam estar la se Balder também estivesse.

Enfim tirando esses pequenos deslizes o filme é bom. Claro que os fãs mais xiitas vão reclamar de outros pontos mas no todo o filme é bom. Mas caso você ainda ache que o filme é ruim veja a imagem a abixo e saiba que Thor nos cinemas já foi muito pior….

P.S. A cena pós créditos já da uma dica da trama do filme dos Vingadores.

P.S. As armaduras dos deuses ficaram até bacaninhas mas me lembraram Power Rangers…

P.S.  a participação especial de Stan Lee é como sempre impagável.

P.S. é bom voltar a escrever P.Ss 🙂

Adoraria, que houvesse um bom DC VS Marvel

Olá Pessoal

Conforme prometido no post anterior vou falar sobre os crossovers DC VS Marvel e de como eu gostaria que eles fossem.

Pois é quando eu descobri que seria lançado uma mini série de quadrinhos do confronto eu realmente fiquei estasiado, tinha uns nove anos na época e pra mim não havia maior evento nos quadrinhos nos ultimso anos, com exeção da Morte do Super-Homem (meu irmão acordou cedo e foi para a porta da banca de revistas esperar abrir para comprar as revista por quase uma semana). Eu essperava combates insanos entre heróis e vilões, um roteiro envolvente e um desfecho incrivel. Queria ver o pau comer , mas com um bom motivo para isso acontecer.

Enfim o primeiro numero chegou eu corri para ler. Logo na capa já era adiantado os principais confrontos, algusn não entendo até hoje qual o motivo. Mulher-Maravilha contra Tempestade? Super Boy contra Homem Aranha (se bem que num tinha muita gente pra brigar com o aranha mesmo…)? . Quando comecei a ler eu fiquei realmente frustrado. muito frustrado.

https://i0.wp.com/www.lobobrasil.com.br/gibis/brasil_outras/dcversusmarvel_1.jpg https://i2.wp.com/images3.wikia.nocookie.net/marveldatabase/images/thumb/c/c4/Marvel_Versus_DC_2.jpg/300px-Marvel_Versus_DC_2.jpg

https://i0.wp.com/images1.wikia.nocookie.net/marveldatabase/images/thumb/2/28/Marvel_Versus_DC_3.jpg/300px-Marvel_Versus_DC_3.jpg https://i1.wp.com/images3.wikia.nocookie.net/marvel_dc/images/thumb/3/3a/DC_Versus_Marvel_4.jpg/300px-DC_Versus_Marvel_4.jpg

Os roteristas arrumaram uma explicação picareta para a fusão dos universo, depois uma pior ainda para o motivo das batalhas, e no ultimo numero fundiramos dois universos por algum motivo bizarro fazendo uma brincadeira do tipo, e se o superman fundisse com o capitão américa? Ridículo. Fiquei p da vida com o resultado. Quando terminei de ler a ultiam revista me perguntei como eles tinham coragem? Os combates foram curtíssimos e algumas vitórias foram muito meia boca.

https://i1.wp.com/www.homemnerd.com/Noticias/sak_dc_vs_marvel.jpg

Foi um caça-niquel sem precedentes na história dos quadrinhos, me parece que houve duas outras séries de crossovers depois mas eu nem me interessei em ler pois estava muito nervoso com a primeira. Esta não foi a primeira vez, nem a ultima que as duas editoras se econtraram. a muitos anos atrás foi lançada uma revista em que Supre-man e Homem-Aranha se encontravam e saiam no tapa. Mais tarde foi lançado um interessante crossover das duas super equipes adolescentes Titans VS X-men. Pouco antes do tal crossover das duas impresas foi realizado um encontro entre Lanterna Verde (na época aquele desenhista que não me recordo o nome e não farei o menor esforço pra recordar pois não gosto dele) e Surfista prateado que foi uma prévia do embate das editoras. Eu tenho esta revista e confesso que nunca li ela…

https://i0.wp.com/goodcomics.comicbookresources.com/wp-content/uploads/2006/08/2370_4_1.jpg https://i1.wp.com/www.geocities.com/marvel80s/images/xmen_titans_c01.jpg

A pouco tempo atrás foi realizado o encontro das duas super equipes da editora, Vingadores e Liga da Justiça. Dessa minisérie eu realmente não esperava muito pois ao contrário da Liga, os vingadores não são formados pelos maiores herois da editora. Mas enfim rolou e eu não li (num tinha grana…) por isso não vou criticar.

https://i0.wp.com/i238.photobucket.com/albums/ff15/rikunacc/Digitalizar0001-1.jpg

Enfim devido a essa frustração eu resolvi falar sobre como acho que deveria ser um encontro da Marvel com a DC.Pra começar Seria um max event envolvendo várias revistas. Várias revistas contando a história, abrindo várias questões como por exemplo, por que os universos se fundiram e quem está por trás disso? É lógcio que uma conbinação de vilões, talvez Darkside e Tahnos, seria a responsável pelo crossover. Neste caso seria como uma Gerra Civil, haveria uam revista só para os acontecimentos de grande relevancia, e outras onde acontecimentos corriqueiros, (ou não já que essas histórias poderiam ser aproveitadas como ganchos ou dicas de quem esta por trás de tudo).

Por exemplo, na saga normal mostrava encontros épicos como Hulk contra Liga da Justiça, Superman e Capitão América, Vingadores e Liga , e por ai vai. Nas outras revistas poderia acontecer brincadeiras com o crossover, como Batman enfrentando Dr. Destino, ou dois vilões como Lex Luthor e Duende Verde tendo de unir forças depois de se enfrentarem prar enfrentar algum herói. A cada numero a história e revelando novas e pistas sobre quem uniu os dois mundos os reais objetivos e coisas do genero. Na ultima revista uma grande surpresa revelava o que estava havendo e os herois teriam de se unir para salvar os dois universos.

Tambem poderia ser feita uma animação para a TV. O universo DC apresentado poderia ser o daquele desenho da Liga da Justiça partindo de onde o desenho parou. O pessoal da marvel poderia ser um pouco dos classicos misturados com o pessoal do universo ultimate. No caso seria como uma serie de animação normal com episódios com os personagens principais ou não fazendo coisas sem importancia para a trama e momentos épicos e encontros memoraveis. Os episódios, sem importancia, poderiam ser amarrados a trama e se revelarem importantes para o desenrolar da história.

Bom acho que é isso. Não tem nada de mais no que eu disse, foi só um aforma de protesto de um fã que gostaria de ser um pouquinho mais respeitado pelas editoras. Adoraria ver em ação uma pancadaria generalizada de heróis como em Guerra Civil , só que entre os dois universos. Até mais pessoal até a próxima.

P.S. Um bom confronto seria entre Dead Pool e Mercenário aquel vilão dos Titans. Os dois se parecem e tem um estilo semelhante. Um roterinho para a batalha seria os dois tem o mesmo alvo para matar. O alvo poderia ser outro personagem famoso para assim sair uma porradaria a três cada um por si!

P.S. O encontro entre Batman e Dr. Destino seria muito interessante pois poderiamos colocar Bruce Wayne invadindo o castelo do vilão, e no fim os dois saem no tapa e Batman e Dr.Destino descobrem que podem juntos impedir um cataclisma.

P.S. Seria Legal ver os lanterna Verde infrentando o Galactus que tenta comer Owa

P.S. Um jogo do confronto tambem seria bom com ambientes em 3d amplos, pancadarias on line, super combos e vários modos de luta com vários personagens ao mesmo tempo na tela.

P.S. Outro encontro legal poderia ser Batman e Homem de Ferro. Como os dois são bilionários sem poderes um encontro entre eles poderia render uma historia muito interessante.

Guerra Civil Marvel: O quê e o porque (Parte 1)

Como citado no post anterior vamos falar do Mega Evento da Marvel “CIVIL WAR” ou simplesmente no Brasil “GUERRA CIVIL”. Nos EUA a série fez um estrondoso sucesso. No Brasil não foi diferente. Foram sete revistinhas especiais contando os eventos principais do confronto. Mas na realidade o arco inteiro é composto por 103 histórias esparramadas em todas as revistas da editora. Particularmente eu esperava uma chacina de heróis, coisa para esvaziar a Marvel. Inocência a minha. Sem querer contar mas já contando (olha o spoiler ai! se não quiser saber pule para o próximo parágrafo) morrem apenas figurantes e alguns vilões pequenos. Mas uma grande estrela morre no desfechar da série.

Vamos a história em si… Era uma vez… rsrs… Uma ação dos Novos Guerreiros dá absurdamente errada morrendo um monte de gente em uma explosão de uma escola. Aí não resta outra coisa a fazer do que o registro dos heróis pela Shield. Isto inclui treinamento e pagamento de salários pelo governo estadunidense. Aí começa o papo do bem e do mal, liberdade e honra, essas coisas. O importante a saber é que de um lado fica Tony Stark, o Homem de Ferro e do outro Steve Rogers, o Capitão América. O enlatado apoia o governo no registro, já o velho combatente defende a liberdade dos heróis. Formam-se grupos e o pau quebra. Após alguns imensos combates a coisa se resolve. Para agradar a todo mundo o lado que ganha não vence (complicado isso… mas leia a série e entenda).

 Por DarKaiser “Magal”

Ps.: Como o evento é muito importante para o futuro dos heróis (e sua audiência para nós é tão ou mais importante) vamos dividir o assunto por personagens. Aguardem que vamos trazendo um a um os cabeças da Guerra e o que acontecerá no futuro!