Saiba como escolher o seu notebook

Este guia irá ajudá-lo a escolher a melhor configuração do seu notebook, baseando-se em seu perfil de utilização.

MOBILIDADE

O primeiro passo é definir o quão portátil você quer que o notebook seja. Para aqueles que pensam em comprar o notebook para viagens ou que irá movimentá-lo constantemente, carregando-o para cima e para baixo, o ideal é que o notebook seja leve e pequeno.

Neste caso, quanto mais leve for o notebook, melhor. O ideal é que o peso não ultrapasse 2,5kg.
Geralmente estes notebooks mais leves possuem telas menores (em torno de 14″). Este fato também ajuda bastante nas dimensões do equipamento, tornando-o mais fácil de transportar, além de chamar menos a atenção dentro das mochilas.

Em contrapartida, se o seu negócio é comprar um notebook pelo simples fato de substituir o seu desktop, e também para eliminar aquele monte de fios, são recomendados os modelos com 15″ ou mais. O peso destes modelos irão girar em torno de 3kg, mas como irá passar a maior parte do tempo em cima de uma mesa, isto não é um problema.

Agora, se você irá usá-lo em casa, mas não abre mão de ter uma certa mobilidade, existem alguns modelos de 15″ mais leves, mas geralmente tem um preço um pouco mais elevado.

DESEMPENHO

O seu negócio é usar o notebook para pequenas aplicações, navegar na internet, editores de texto, trabalhos escolares e chat? Em todos esses casos não é necessário ter um grande poder de processamento. Para isso, os processadores Celeron M (Intel ) e Sempron (AMD ) dão conta do recado. Entre processadores de uma mesma linha, dê preferência para aqueles com o maior clock. Por exemplo, entre um Celeron M 1.73GHz e um Celeron M 2.0GHz, fique com o segundo (é claro, isto se a diferença de preço não for justificável ).

O grande problema destes processadores é que eles não costumam trabalhar muito bem com o Windows Vista, principalmente se a quantidade de memória não for a adequada. E para piorar, a maioria dos notebooks já estão saindo com este sistema. Para este mais novo sistema operacional da Microsoft, o mínimo que se exige é 1GB de memória RAM, sendo que o aconselhável são 2GB.

Dificilmente um notebook comercializado com um processador de baixo desempenho (leia-se Celeron e Sempron) virá de fábrica com mais de 1GB de memória. A maioria vem com 512MB e em alguns casos, 1GB. Portanto, neste caso, existem 2 atitudes a serem tomadas após a compra do aparelho: trocar de sistema operacional (colocar um mais leve – veja a seção SISTEMAS OPERACIONAIS deste guia) ou colocar mais memória em uma assistência autorizada pelo fabricante (para quem tem mais conhecimento, pode arriscar a trocar sozinho, porém perde-se a garantia e ainda corre o risco da memória não ser compatível com a pré-instalada). Atualmente, encontra-se 1GB de memória à venda por volta de R$150,00 dependendo do lugar e da marca.

Tenha em mente que estes processadores ficam defasados mais rapidamente.

Já se o seu negócio é trabalhar com AutoCAD, Photoshop e outras aplicações pesadas ou então pelo simples fato de querer ter um alto desempenho em tudo, e também deixá-lo apto para o futuro, procure processadores com um desempenho maior. Dê preferência para processadores de núcleo duplo, pois esses conseguem realizar mais de uma tarefa simultaneamente. Exemplos: Core 2 Duo e Core Duo (também chamado de Dual Core, embora dual core seja um termo genérico utilizado para qualquer processador de 2 núcleos), ambos da Intel; e Turion X2 e Athlon X2, da AMD.

A mesma regra do clock explicada nos Celeron, vale aqui também. Quando estiver comparando processadores da mesma linha, dê preferência para os que têm clocks mais altos. Mas cuidado para não se enganar! Ao comparar duas linhas de processadores diferentes, nem sempre o de maior clock será o de maior desempenho. Alguns outros fatores influenciam na performance. Os fabricantes às vezes usam uma nomenclatura que confunde a cabeça dos usuários. No link abaixo tem um comparativo (embora meio impreciso e superficial) dos processadores, para ajudar na escolha.

http://www.notebookcheck.net/Mobile-…st.2436.0.html

A memória L2 do processador também influencia na performance. Essa memória é utilizada como um cache para processamento, portanto em teoria, quanto mais, melhor. Para os processadores da Intel, encontramos valores de 1MB até 4MB. Já para processadores AMD, geralmente encontramos cache L2 de 512KB a 1MB. Mas também não podemos aqui comparar Intel com a AMD. Embora no geral a Intel possua maiores caches L2, as arquiteturas utilizadas por ambos são diferentes.

PLACA DE VÍDEO

Você pretende jogar no seu notebook? Com qual frequência e quais tipos de jogos?

Se você pretende ter um notebook para jogar os jogos mais recentes, com um nível de qualidade alto e com uma certa frequência, esteja preparado para gastar uma grana preta, ou então parta para um desktop.

OK, ainda assim você quer um notebook? Então escolha um modelo que seja pelo menos de nível classe 2.

Se você quiser um desempenho moderado nos jogos mais recentes, então pode arriscar uma de classe 3.

Se você não se importar em jogar os lançamentos com detalhes mínimos, as placas de classe 4 e 5 quebram um galho. Mas esteja preparado para que alguns jogos nem rodem, principalmente nas placas de classe 5. Já os jogos um pouco mais antigos rodam com certa tranquilidade.

Agora, se o seu negócio não é jogar, ou eventualmente brincar com algum joguinho bem antigo as de classe 6 servem.

Assistir filmes em DVD, não é problema em nenhuma das placas. Todas as placas, independente da classe, são capazes disso.

A lista com as placas de vídeo e as categorias que elas se encaixam podem ser encontradas no link abaixo:

http://www.notebookcheck.net/Compari…rds.130.0.html

Essa subdivisão de placas de vídeos em classes foi feita por um site especializado ( notebookcheck ) e serve apenas como uma referência.

Como regra geral, para um melhor desempenho são necessárias placas de vídeo com memória dedicada ( possuem memória RAM só pra elas, e por isso acessam as informações mais rapidamente ). As compartilhadas possuem desempenho mais modesto pois compartilham a memória RAM da máquina, juntamente com o processador. A quantidade de memória a ser compartilhada pode ser definida pelo próprio usuário.

Para jogos recentes, é necessário no mínimo 256MB de memória para a placa de vídeo compartilhada ou 128MB em placas dedicadas.

Algumas placas possuem uma parte de memória dedicada e outra parte compartilhada. Exemplo: uma placa possui 64MB dedicados e pode compartilhar mais 512MB no máximo. Neste caso, para rodar um jogo mais pesado é preciso usar a parte dedicada ( 64MB ) e mais um pouco da compartilhada ( por exemplo, uns 128MB ) para rodar o jogo satisfatoriamente (totalizando 192MB ).

OBS: Para quem trabalha com edição/renderização de vídeos e imagens valem as mesmas regras acima.

PLACA DE SOM

A grande maioria dos notebooks possuem placas de som onboard, ou seja, integradas na própria placa-mãe.

Creio que a placa de som é o item que menos têm levantado questionamentos em notebooks. A qualidade não costuma variar muito de um note para outro. Apenas pessoas com ouvidos ultra sensíveis irão notar diferenças entre as placas.

O que pode acontecer bastante é a qualidade do som interno ser ruim, mas não pela placa, e sim pelas caixas de som internas (ou por terem uma qualidade ruim, ou então abafadas pela disposição interna delas no notebook).

ARMAZENAMENTO

Notebooks são equipamentos que nasceram para serem portáteis e móveis. E pelo seu tamanho reduzido em comparação a um desktop, a grande maioria dos componentes também sofre uma redução de tamanho. O HD é um desses componentes (talvez aquele que mais sofra com essa redução de tamanho). Como o HD é formado por um (ou mais) disco magnético para gardar informações, a redução em seu tamanho físico acaba comprometendo a sua capacidade de armazenamento. Muito embora já exista tecnologia para se fazer HDs de alta capacidade e tamanho reduzido, seu preço ainda é um calcanhar de aquiles. Os notebooks comerciais que estão à venda no Brasil, possuem HDs que variam de 40GB a 160GB em média.

Mesmo que você não possua tantos documentos, músicas, fotos e etc, fuja de modelos com HDs de 40GB e 60GB. Procure por modelos a partir de 80GB. Mas se você gosta de músicas, vídeos, fotos e jogos, é bom pensar em modelos de 120GB e 160GB.

Existem modelos acima de 160GB, mas só são aconselháveis para quem realmente necessite de muito espaço em disco. Muitas vezes vale mais a pena comprar um modelo de 160GB e posteriormente adquirir um HD externo.

UNIDADE ÓPTICA

Embora ainda existam drives combos ( leitor e gravador de CD, e apenas leitor de DVD ), estes estão com seus dias contados. A tendência é que todos os notebooks saiam da fábrica já com DVD-RW (leitor e gravador de CD e DVD ). Portanto, não aceite mais os drives combos e exija um DVD-RW.

SISTEMA OPERACIONAL

Windows ou Linux?

Vou ser curto e grosso. Para usuários comuns e gamers, Windows obrigatoriamente. Mas qual Windows? Depende do poder de processamento e de memória da máquina. Se for uma máquina de desempenho modesto, prefira o Windows XP. Para máquinas mais avançadas, vai de Vista mesmo (que é a tendência do mercado ).

Mas fuja da versão Starter Edition do Vista. É uma droga. Se caso o notebook que você pretende comprar venha com esta versão, tenha em mente que você terá que trocá-lo por um XP ou um Vista Home. A preferência neste caso é pelo XP, pois dá para até tentar instalar uma versão “alternativa” do sistema (se é que me entendem ). Já o Vista Home será necessário desembolsar mais uma verba para adquirir o sistema.

Se o notebook já vier com o Vista Home (Basic ou Premium ), mantenha este sistema caso sua máquina aguentar (leia a seção de DESEMPENHO ). Caso não aguentar, aumente a memória, ou instale o XP.

OBS: Caso pretenda instalar o XP, pesquise antes se o fabricante do notebook dá suporte e disponibiliza os drivers adequados para este sistema.

O Linux só é aconselhável para quem é da área de informática ou então não gosta de jeito nenhum do Windows (não quero criar polêmica qual sistema é melhor ou pior, mas para a grande maioria dos mortais, infelizmente o Windows acaba sendo a melhor opção ).

Requisitos mínimos aconselháveis de memória RAM para os sistemas:
– Vista: 1GB
– XP: 512MB
– Linux: 256MB

TELA

Como foi explicado na primeira seção ( MOBILIDADE ), o tamanho da tela lhe dirá mais ou menos o tamanho que será o notebook. Portanto, escolha o tamanho que você deseja a tela.

Escolhido o tamanho, procure por LCDs widescreen que sejam de Matrix Ativa (TFT) e resolução de 1280×800.

Caso o notebook escolhido não tenha tela widescreen, dê preferência por modelos com resolução 1280×1024.

É difícil falar de brilho, contraste e cores destas telas pois poucos fabricantes de notebooks informam estes detalhes. O ideal é tentar ver algum modelo ao vivo e ver se a tela lhe agrada.

AUTONOMIA

Se você esta sempre andando com o notebook e tem pouco tempo para colocá-lo na tomada, a autonomia é um fator decisivo para a compra. Autonomia é tempo que o seu notebook pode ficar ligado sem precisar de alimentação externa, e isso vai variar bastante de máquina para máquina. Dependerá muito da sua configuração, perfil de uso e tipo de bateria que ele utiliza.

Utilizar o notebook para jogos e aplicações pesadas irá gastar mais bateria do que navegar na internet e aplicações mais simples. Embora os processadores mais recentes sejam mais potentes que os antigos, muitos possuem tecnologia que permite economizar energia.

Existe um tópico específico aqui no fórum sobre como usar adequadamente seu notebook a fim de aumentar a autonomia do seu portátil e aumentar a vida útil das baterias. Vale a pena dar uma lida para mais detalhes.
http://forum.clubedohardware.com.br/…bateria/449506

As baterias atuais são feitas de íons de Lítio. Podem variar de 4 a 9 células. Quanto mais células, maior será sua autonomia. A maioria dos notebooks vêm com 4 ou 6 células. Em alguns modelos é possível encontrar de 9 células.

O aceitável é que a duração de uma bateria de 6 células fique em torno de 3 horas de utilização moderada (tolerância de meia hora para mais ou para menos). Se quiser maior duração, procure um note de 9 células.

Tenha em mente que mais cedo ou mais tarde sua bateria perderá a capacidade de armazenar energia. Esse tempo irá variar bastante, mas geralmente fica entre 1 a 3 anos de utilização. Portanto, você será obrigado a comprar outra ou trocar de notebook.

MULTIMÍDIA E OUTROS

Procure modelos que possuam as características abaixo, caso você se identificar com a situação:

Câmera e microfone embutidos: indicado para quem usa chat, skype, msn, videoconferência e afins.

Teclado: procure pelo padrão português ABNT2 (que tem o “ç” ). Se vier com teclas multimídia, melhor.

Touchpad: dê preferência aos modelos com scroll. Mas mesmo assim é melhor utilizar o note com um mouse óptico. Usar o touchpad só em viagens e ocasiões específicas.

Som embutido: todos os modelos têm. Alguns de melhor e outros de pior qualidade, porém é melhor evitar de usar. Dê preferência para caixas externas ou fones de ouvido, que além de serem melhores, gastam menos bateria.

Fingerprint*: totalmente dispensável para a grande maioria das pessoas.

Placa de TV**: poucos notebooks têm (alguns modelos HPs têm), e são um pouco mais caros por este motivo. Se você quer que seu notebook se transforme num centro de lazer, vá fundo, mas em geral, é um item de “luxo”.

OBS:
*fingerprint scan é um dispositivo de leitura de impressões digitais, que geralmente fica próximo ao touchpad, e serve para aumentar a segurança dos dados de um notebook (por exemplo, limitando o acesso a arquivos pessoais/confidenciais apenas ao dono).

**Placa de TV é um dispositivo de recepção de sinal de TV (geralmente através de cabo coaxial) que permite o seu notebook se transformar em uma TV propriamente dita. Normalmente o notebook que possui placa de TV vem com um controle remoto também.

CONEXÕES

Todo notebook atualmente é indispensável ter as seguintes conexões de entrada e saída:

– Ethernet 10/100Mbps
– Wireless 802.11 a/b/g (se tiver os 3 melhor, mas atualmente apenas o padrão “g” é indispensável)
– Line In e Line Out (entrada e saída de som)
– Modem 56Kbps (ok, atualmente é meio ultrapassado, mas se o intuito é ter mobilidade, é necessário estar preparado para todo tipo de local)
– USB, aconselhável ter pelo menos 3 portas.

Dispensáveis para a maioria das pessoas (a necessidade irá depender do uso de cada um):

– Leitor de cartões (está na moda, mas ainda é dispensável)
– PCMCIA (indispensável apenas para quem pretende utilizar esta tecnologia, mas pra maioria das pessoas ela é totalmente dispensável)
– Drive de disquete 3.14″ (acho que nenhum note está saindo mais com este dispositivo. Caso precisar, é melhor comprar um externo)
– saída VGA (indispensável apenas para quem pretende utilizar um monitor)
– Infravermelho (só para quem deseja sincronizar algum outro dispositivo através de IR)
– S-Video (apenas para quem quer ligar o notebook na televisão)
– Firewire (mais rápido que USB, porém a grande maioria dos dispositivos externos são USB )
– Porta Serial, Paralela e controle de jogos (presentes apenas nos notebooks mais antigos. Caso precisar, é melhor comprar um conversor em USB )

MARCAS E MODELOS

Marcas mais conhecidas como Dell, Toshiba, Lenovo, HP/Compaq, Sony Vaio, etc, costumam ser mais conceituadas devido a tradição na área. Geralmente possuem suporte e assistência técnica acima da média que seus concorrentes menores, justamente porque possuem um nome a zelar.

No entanto, costumam cobrar a mais por esta fama, como é o caso da Sony Vaio e da Apple, por exemplo. Indiscutivelmente são notebooks de ótima qualidade, mas bem mais caros que os demais.

Existem ainda empresas em ascensão, que não gozam ainda de uma grande reputação, mas que se esforçam para entregar um produto de qualidade. A Microboard, a Tecnoworld e a ez-Go são exemplos destas empresas.

Outras empresas ganharam fama ruim devido a algumas “pisadas de bola” e a falta de qualidade em seus produtos. Estamos falando da CCE, Positivo, Amazon PC, e por aí vai (a grande maioria das marcas). Não que elas não sejam boas marcas, mas o problema é que parece que eles não se preocupam em revisar seus lotes e inspecionar cuidadosamente seus produtos antes de colocarem nas prateleiras. Erros sempre acontecem, mas com estas empresas parece que acontece mais que a média. Então, comprar destas marcas é uma loteria. Pode ser que você nunca tenha problema, mas existe uma chance acima da média de que você seja “premiado”.
E aí a dor de cabeça começa.

Não vale a pena ficar citando todos os modelos existentes no mercado, mesmo porque isto é muito dinânico. A todo momento surgem novos modelos e outros que se aposentam.

Então, cabe a cada um procurar nas lojas (virtuais ou físicas) pelo modelos existentes. Caso tenha alguma dúvida sobre a configuração de sua necessidade, recorra a este guia. E caso tiver uma dúvida específica sobre algum modelo/marca, pesquise aqui no forum. Certamente alguém já comentou por aqui.

Aqui estão alguns reviews feitos por usuários do forum sobre alguns modelos: http://forum.clubedohardware.com.br/…tebooks/470038

Cuidado para não ser enganado e acabar comprando um notebook REFURBISHED. Mas o que é isso? Factory Refurbished é um termo utilizado para máquinas que apresentaram algum defeito após saírem da linha de produção e por determinação de uma lei americana ele é obrigado a voltar para a linha de produção para que o problema seja resolvido. Geralmente estes notebooks têm uma garantia do fabricante menor, mas nem por isso quer dizer que eles apresentam problema (aparentemente são semelhantes aos notebooks “normais”).

Existem também aparelhos que após serem vendidos, o consumidor devolve à loja que comprou pois apresentou algum defeito. A loja, por sua vez, conserta o aparelho e o vende como se fosse novo. Isto ocorre mais frequentemente com lojinhas de informática que trazem modelos do Paraguai.

Para mais detalhes sobre este assunto, veja este tópico do forum:
http://forum.clubedohardware.com.br/…otebook/223292

ONDE COMPRAR

Sem dúvida nenhuma, o preço dos notebooks lá fora são bem mais atraentes que aqui no Brasil. Mandar trazer um modelo do exterior acaba se tornando uma tentação. Mas será que vale a pena mesmo? Pensando apenas pelo lado financeiro, certamente que sim. Mas saiba que fazendo isso, você não terá a garantia e suporte do fabricante aqui no Brasil. Se você comprou este note em uma importadora ( ou também por muambeiro ), o máximo que eles fazem é dar a garantia da loja ( ou do muambeiro no caso ). Neste caso nem sempre você será bem atendido e se precisar recorrer à justiça, você não será amparado (a maioria não fornece nota, e quando o faz, a nota é fria ). Mesmo com todos estes contrapontos você achar que vale a pena, vá fundo.

Agora, se você ou um parente for para o exterior, aí sim compensa trazer, mesmo sabendo que você não terá garantia.

A melhor opção para os reles mortais é comprar aqui no Brasil mesmo, com nota e tudo direitinho. Pode ser tanto em lojas físicas como virtuais.

Caso a sua opção sejam as lojas físicas, prefira as mais conhecidas e confiáveis. Procure por opiniões de quem comprou na mesma loja. Pesquise bastante e tente pechinchar o melhor preço. Peça pra ver o modelo (de preferência ligado ) e levante todos os detalhes com o vendedor.

As lojas virtuais são boas opções para compra, principalmente porque vira e mexe tem alguma promoção. Mais uma vez vale a dica de procurar as lojas mais conhecidas. Desconfie de lojinhas virtuais que você não conheça, principalmente se o preço estiver muito mais barato que o restante das lojas. Lembre-se: não há como fazer milagre nos preços!! Pesquise no internet e no forum sobre a loja. Se houver alguma suspeita sobre a loja, NÃO COMPRE!

Evite comprar pelo Mercado Livre essas coisas. Caso resolva realmente comprar, veja o histórico do vendedor e exija que você retire e teste o produto PESSOALMENTE!! Jamais pague adiantado, a menos que você tenha plena confiança em quem esteja vendendo.

Mesmo que você opte por comprar pela internet, tente ir a uma loja física para ver o modelo ao vivo, caso seja possível.

PREÇOS

Existem modelos de diversos preços. Desde R1.200,00 até R$10.000,00.

Se você leu até aqui, deve ter entendido que existe um modelo para cada necessidade. Quanto mais coisas o modelo tiver, a tendência é que mais caro ele seja.

Em média, um modelo para uso básico (internet e office) vai ficar entre R$1.200,00 e R$2.000,00.

Para usuários medianos, que além de executar as tarefas básicas ainda querem jogar eventualmente, pense em gastar entre R2.000,00 e R3.000,00.

Acima de R$3.000,00 já estão os modelos um pouco mais completos (não necessariamente servem para jogos). A partir desse valor, muitos aspectos serão determinantes no preço, como marca/status, configuração, desempenho, etc.

Não se esqueça de investir em um bom mouse óptico e um roteador wireless, caso deseje acessar a internet em casa.

Texto retirado de:
http://forum.clubedohardware.com.br/guia-compra-saiba/487679

Publicado em março 19, 2008, em Internet e Tecnologia. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Quel legal!!! Depois de tanta informação bacana, só me falta uma coisa para que eu compre meu notebook: grana!
    😀

    Valeu, galera!

  2. Alguém quer me dar um roteador wireless de presente?

  3. Ouww!!
    Para de copiar as coisas e escreva de verdade!!
    Branco. hahahahahahahahahahahahahahaha

  4. caro tenho uma duvida?

    tem um notebook CCE T3400 com 4GB DE RAM sem CACHE e outro CCE T3400 com 3GB DE RAM MAIS 1MB DE CACHE! Qual o melhor?

    • Lightsaber "Vinícius"

      Olá Diego! Bom o autor deste post não esta mais entre nós… mas eu entrei em contato com ele através de uma ferramenta de contato espírita, o MSN, e ele me disse o seguinte:
      “Sai fora de CCE seria minha opinião, mas se quer comprar compra com mem cache melhor, pq se vc quiser aumentar a memória ram dpois eh mais fácil, já a memória cache não tem como.”

      Bom eu não entendo do assunto mas espero que tenha lhe esclarecido. mais alguma duvida me fale que tentarei entrar em contato ok?
      Obrigado e volte sempre

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: