Arquivos do Blog

Super Sagas e Reboots parte 1

Olá Pessoal!

Cá estou eu novamente para falar de quadrinhos! Não sou especialista no assunto, temos nossos dois especialistas aqui no Blog para falar de HQs, mas estou falando aqui como humilde fã do gênero, uma voz que as empresas do ramo deveriam estar ouvindo mais ultimamente. Atualmente o mercado (americano mas que rege o restante) anda passando por uma “crise” segundo os empresários. Ao que parece as novas mídias andam roubando o público do pessoal do cuecão por cima da calça. Com isso as empresas, afinal são empresas e precisam de lucros, estão apostando suas fichas em super sagas que envolvem todo o universo (Marvel) e em Reboots que resetam todo o universo (DC). Mas sérá esse o caminho certo para salvar a nona arte?

Eu como fã do gênero desde moleque conheci tempos de altos e baixos dos quadrinhos. Mas os grandes momentos eram bem diferentes do que estamos vendo hoje. Vamos começar falando da Marvel e suas Super Sagas.  Desde Guerra Civil, a casa das idéias percebeu que era lucrativo juntar todos os heróis disponíveis e coloco-los para saírem na porrada em grandes e coloridas sagas que envolvem todo mundo. desde então TODOS os anos estão saindo super sagas atrás de super sagas envolvendo todo o universo e provocando “consequências que vão mudar para sempre o universo Marvel”. Porém isso esta empobrecendo o universo. Guerra Civil tinha uma história bacana, combates eletrizantes, questionamentos éticos filosóficos e ainda desenhos de altíssima qualidade. Realmente provocou mudanças no universo com a revelação da identidade do Homem Aranha, e a morte do Capitão América. Porém essas profundas consequências não duraram, nada! O Capitão foi substituido, o aranha “voltou no tempo” e nunca revelou sua identidade. Ué pera ai!? eu paguei pelas mudanças como assim!? Sem contar que o Capitão original ressucitou no ano seguinte. Nada tão drástico já que ninguém morre de verdade nos quadrinhos.

Essa sim foi uma boa super saga

Momento emblemático da saga, que se revelou completamente inútil depois....

Em seguida a Marvel trouxe a O Mundo Contra Hulk, uma saga não tão ruim mas sem comparação com a original, depois veio Invasão Secreta, Com roteiro confuso, desenhos péssimos e desfecho horrendo, criado apenas para não perder o verão americano. Em Seguida tivemos a Looooonga Reinado Sombrio com os vilões dominando o universo, em seguida veio o Cerco, que fechou esta saga. Agora tivemos Fear it Self (Sem nome em português ainda) e já estão preparando para o ano que vem mais uma saga com “consequências que mudaram para sempre o universo Marvel”. Isso anda empobrecendo os heróis da editora e as próprias super sagas. A graça das super sagas é chegarem fazerem o reboliço e depois os heróis passarem  um bom tempo convivendo com isso. Era assim que era antigamente. Uma super saga era algo raro, um mega evento com revistas de material melhor e desenhistas especialmente convidados. Agora viraram fast food de verão americano. Não da tempo de você digerir as consequências pois logo ta todo mundo ocupado de novo enfrentando uma nova ameaça.

Invasão Secreta...

... Reinado Sombrio...

... e ufa! Fear It Self. Pera ai tem mais!?

O que Guerra Civil provocou foi fantástico mas totalmente apagado pela péssima Invasão Secreta com explicações escrotas que não eram necessárias. Os grandes eventos perdem o valor pois você sabe que daqui a pouco terá outro e depois outro e depois outro. AS tais grandes consequências não são bem resolvidas, não dá tempo de você saber como a vida dos heróis fica depois de um evento de tal magnitude. O pior é o momento entre as super sagas. Quando deveriam haver histórias individuais melhores, na verdade só vemos uma preparação para a próxima super saga. Não tem um aprofundamento nos personagens, não conhecemos mais o lobo solitários Wolverine, ou a complexidade do Homem-Aranha, tempos apenas personagens que ajudam a juntar mais leitores e a aumentar o número de heróis por quadrinho. Todo mundo fica ali misturado e há personagens que muitos não conhecem os poderes direito.

Secret Invasion: Essa realmente deve ter sido criada pelos Skulls!

A Marvel anda optando por massificar as coisas quando o que realmente atraiu o publico nos quadrinhos dela era aproximação do indivíduo. AS pessoas gostavam de ver o aranha convivendo com problemas humanos, e ainda tendo o peso de ser um super-herói. O charme sempre foi aproximar os leitores da realidade fantástica de seus heróis, pois eles eram cegos, cientistas, fotógrafos, e com isso eles poderiam se ver naquelas histórias  seu mundo representado  de forma mais interessante. Mas isso parece que não tem mais espaço. A Marvel assumiu o estilo BlockBuster em suas histórias nos quadrinhos e ainda não percebeu que as maiores obras do gênero sempre foram as autoriais, curtas e que aprofundavam em um personagem.

Até quando isso vai durar?

A seguir a segunda parte do post falando do Reboot da DC!

P.S. Eu não vi nem metade da qualidade de Guerra Civil em nenhuma super saga seguinte

P.S. Sinto falta de sagas individuais boas, e que realmente valiam a pena ler

P.S. Quem começou a ler histórias em quadrinhos recentemente não faz a menor idéia da origem dos heróis, esta maluco com tantos uniformes coloridos ao mesmo tempo.

Anúncios

Adoraria, que houvesse um bom DC VS Marvel

Olá Pessoal

Conforme prometido no post anterior vou falar sobre os crossovers DC VS Marvel e de como eu gostaria que eles fossem.

Pois é quando eu descobri que seria lançado uma mini série de quadrinhos do confronto eu realmente fiquei estasiado, tinha uns nove anos na época e pra mim não havia maior evento nos quadrinhos nos ultimso anos, com exeção da Morte do Super-Homem (meu irmão acordou cedo e foi para a porta da banca de revistas esperar abrir para comprar as revista por quase uma semana). Eu essperava combates insanos entre heróis e vilões, um roteiro envolvente e um desfecho incrivel. Queria ver o pau comer , mas com um bom motivo para isso acontecer.

Enfim o primeiro numero chegou eu corri para ler. Logo na capa já era adiantado os principais confrontos, algusn não entendo até hoje qual o motivo. Mulher-Maravilha contra Tempestade? Super Boy contra Homem Aranha (se bem que num tinha muita gente pra brigar com o aranha mesmo…)? . Quando comecei a ler eu fiquei realmente frustrado. muito frustrado.

https://i1.wp.com/www.lobobrasil.com.br/gibis/brasil_outras/dcversusmarvel_1.jpg https://i0.wp.com/images3.wikia.nocookie.net/marveldatabase/images/thumb/c/c4/Marvel_Versus_DC_2.jpg/300px-Marvel_Versus_DC_2.jpg

https://i1.wp.com/images1.wikia.nocookie.net/marveldatabase/images/thumb/2/28/Marvel_Versus_DC_3.jpg/300px-Marvel_Versus_DC_3.jpg https://i0.wp.com/images3.wikia.nocookie.net/marvel_dc/images/thumb/3/3a/DC_Versus_Marvel_4.jpg/300px-DC_Versus_Marvel_4.jpg

Os roteristas arrumaram uma explicação picareta para a fusão dos universo, depois uma pior ainda para o motivo das batalhas, e no ultimo numero fundiramos dois universos por algum motivo bizarro fazendo uma brincadeira do tipo, e se o superman fundisse com o capitão américa? Ridículo. Fiquei p da vida com o resultado. Quando terminei de ler a ultiam revista me perguntei como eles tinham coragem? Os combates foram curtíssimos e algumas vitórias foram muito meia boca.

https://i2.wp.com/www.homemnerd.com/Noticias/sak_dc_vs_marvel.jpg

Foi um caça-niquel sem precedentes na história dos quadrinhos, me parece que houve duas outras séries de crossovers depois mas eu nem me interessei em ler pois estava muito nervoso com a primeira. Esta não foi a primeira vez, nem a ultima que as duas editoras se econtraram. a muitos anos atrás foi lançada uma revista em que Supre-man e Homem-Aranha se encontravam e saiam no tapa. Mais tarde foi lançado um interessante crossover das duas super equipes adolescentes Titans VS X-men. Pouco antes do tal crossover das duas impresas foi realizado um encontro entre Lanterna Verde (na época aquele desenhista que não me recordo o nome e não farei o menor esforço pra recordar pois não gosto dele) e Surfista prateado que foi uma prévia do embate das editoras. Eu tenho esta revista e confesso que nunca li ela…

https://i1.wp.com/goodcomics.comicbookresources.com/wp-content/uploads/2006/08/2370_4_1.jpg https://i2.wp.com/www.geocities.com/marvel80s/images/xmen_titans_c01.jpg

A pouco tempo atrás foi realizado o encontro das duas super equipes da editora, Vingadores e Liga da Justiça. Dessa minisérie eu realmente não esperava muito pois ao contrário da Liga, os vingadores não são formados pelos maiores herois da editora. Mas enfim rolou e eu não li (num tinha grana…) por isso não vou criticar.

https://i0.wp.com/i238.photobucket.com/albums/ff15/rikunacc/Digitalizar0001-1.jpg

Enfim devido a essa frustração eu resolvi falar sobre como acho que deveria ser um encontro da Marvel com a DC.Pra começar Seria um max event envolvendo várias revistas. Várias revistas contando a história, abrindo várias questões como por exemplo, por que os universos se fundiram e quem está por trás disso? É lógcio que uma conbinação de vilões, talvez Darkside e Tahnos, seria a responsável pelo crossover. Neste caso seria como uma Gerra Civil, haveria uam revista só para os acontecimentos de grande relevancia, e outras onde acontecimentos corriqueiros, (ou não já que essas histórias poderiam ser aproveitadas como ganchos ou dicas de quem esta por trás de tudo).

Por exemplo, na saga normal mostrava encontros épicos como Hulk contra Liga da Justiça, Superman e Capitão América, Vingadores e Liga , e por ai vai. Nas outras revistas poderia acontecer brincadeiras com o crossover, como Batman enfrentando Dr. Destino, ou dois vilões como Lex Luthor e Duende Verde tendo de unir forças depois de se enfrentarem prar enfrentar algum herói. A cada numero a história e revelando novas e pistas sobre quem uniu os dois mundos os reais objetivos e coisas do genero. Na ultima revista uma grande surpresa revelava o que estava havendo e os herois teriam de se unir para salvar os dois universos.

Tambem poderia ser feita uma animação para a TV. O universo DC apresentado poderia ser o daquele desenho da Liga da Justiça partindo de onde o desenho parou. O pessoal da marvel poderia ser um pouco dos classicos misturados com o pessoal do universo ultimate. No caso seria como uma serie de animação normal com episódios com os personagens principais ou não fazendo coisas sem importancia para a trama e momentos épicos e encontros memoraveis. Os episódios, sem importancia, poderiam ser amarrados a trama e se revelarem importantes para o desenrolar da história.

Bom acho que é isso. Não tem nada de mais no que eu disse, foi só um aforma de protesto de um fã que gostaria de ser um pouquinho mais respeitado pelas editoras. Adoraria ver em ação uma pancadaria generalizada de heróis como em Guerra Civil , só que entre os dois universos. Até mais pessoal até a próxima.

P.S. Um bom confronto seria entre Dead Pool e Mercenário aquel vilão dos Titans. Os dois se parecem e tem um estilo semelhante. Um roterinho para a batalha seria os dois tem o mesmo alvo para matar. O alvo poderia ser outro personagem famoso para assim sair uma porradaria a três cada um por si!

P.S. O encontro entre Batman e Dr. Destino seria muito interessante pois poderiamos colocar Bruce Wayne invadindo o castelo do vilão, e no fim os dois saem no tapa e Batman e Dr.Destino descobrem que podem juntos impedir um cataclisma.

P.S. Seria Legal ver os lanterna Verde infrentando o Galactus que tenta comer Owa

P.S. Um jogo do confronto tambem seria bom com ambientes em 3d amplos, pancadarias on line, super combos e vários modos de luta com vários personagens ao mesmo tempo na tela.

P.S. Outro encontro legal poderia ser Batman e Homem de Ferro. Como os dois são bilionários sem poderes um encontro entre eles poderia render uma historia muito interessante.

Guerra Civil (parte 3): Declínio do Personagem ou Desvairio do Editor?

Olá Nobres Amigos! Seguindo a proposta de falar sobre os personagens principais da Guerra Civil venho trazer o meu favorito: O Homem Aranha!

Pois bem, como todos sabem na Guerra Civil um bando de heróis explodem uma escola e isto da força pra criação de um registro de heróis. Agora falemos da participação do teioso na trama. Movido pelo desejo de proteger Mary Jane e Tia May o cabeça de teia resolve se tornar um Vingador (mas isso acontece bem antes da Civil War), esta fato é importante lembrar porque no meu ponto de vista soa como má fé do Homem de Ferro. Nosso querido herói deixa de ser aquele cara ferrado, duro e cheio de problemas normais na cabeça para se tornar um cara estável e até mesmo vazio.

Pouco antes da Guerra o Tony Stark começa a fazer sua aproximação nefasta em Peter. Até uma nova roupa super estranha foi criada pelo enlatado. Uma armadura vermelha e dourada (as cores serem a mesma do Homem de Ferro não é coincidência) o Homem Aranha usou durante os combates da Guerra.

E o que ninguém esperava aconteceu. Para demonstrar que realmente apoiava o Tony, o Peter Parker se desmascara em rede nacional. Esse ato provocou um abalo na sociedade de heróis nos leitores fiéis a série. Alguns são contra, outros a favor. Sinceramente acho que o suicídio criativo ainda está por vir (estou fazendo referência aos desdobramentos da vida do herói que ainda não chegou ao país).

A melhor parte e que marca a virada em favor do esquadrão anti-registro comandadas pelo Capitão América (pq até então eles estavam tomando uma surra), foi a mudança de lado do Balançador de Teias. Ele após muito refletir e mastigar um dilema familiar resolve lutar pela liberdade! A parte onde ele enfrenta o Tony é um clássico!

Lutando na clandestinidade o personagem ganha em emoção. A família Parker tem de se esconder em moteis fuleros. O perigo ronda enquanto ele quebra o pau com seu antigo patrão. Sabendo o que vêm por ai pode-se dizer que isto tudo era para acabar com a vida de casado dos Parker. O Editor Chefe da Casa das Idéias (leia Marvel) é embirrado com o fato de Peter ser casado. Considerando um erro editorial, Joe Quesada manipulou o rumo da vida do herói para tirar Mary Jane Watson de sua vida. Não entendo tal decisão, já que Peter é um CDF, magrelo, desengonçado e rejeitado socialmente que casa com uma Super Modelo mega gostosa. Detalhe a se pensar é que o público leitor em sua maioria se encaixa nesta descrição! É uma forma de realização indireta destes quatro-olhos leitores de quadrinhos!

ps: Spoiler pouco é bobagem neste post! RSRS

Guerra Civil Marvel: O quê e o porque (Parte 1)

Como citado no post anterior vamos falar do Mega Evento da Marvel “CIVIL WAR” ou simplesmente no Brasil “GUERRA CIVIL”. Nos EUA a série fez um estrondoso sucesso. No Brasil não foi diferente. Foram sete revistinhas especiais contando os eventos principais do confronto. Mas na realidade o arco inteiro é composto por 103 histórias esparramadas em todas as revistas da editora. Particularmente eu esperava uma chacina de heróis, coisa para esvaziar a Marvel. Inocência a minha. Sem querer contar mas já contando (olha o spoiler ai! se não quiser saber pule para o próximo parágrafo) morrem apenas figurantes e alguns vilões pequenos. Mas uma grande estrela morre no desfechar da série.

Vamos a história em si… Era uma vez… rsrs… Uma ação dos Novos Guerreiros dá absurdamente errada morrendo um monte de gente em uma explosão de uma escola. Aí não resta outra coisa a fazer do que o registro dos heróis pela Shield. Isto inclui treinamento e pagamento de salários pelo governo estadunidense. Aí começa o papo do bem e do mal, liberdade e honra, essas coisas. O importante a saber é que de um lado fica Tony Stark, o Homem de Ferro e do outro Steve Rogers, o Capitão América. O enlatado apoia o governo no registro, já o velho combatente defende a liberdade dos heróis. Formam-se grupos e o pau quebra. Após alguns imensos combates a coisa se resolve. Para agradar a todo mundo o lado que ganha não vence (complicado isso… mas leia a série e entenda).

 Por DarKaiser “Magal”

Ps.: Como o evento é muito importante para o futuro dos heróis (e sua audiência para nós é tão ou mais importante) vamos dividir o assunto por personagens. Aguardem que vamos trazendo um a um os cabeças da Guerra e o que acontecerá no futuro!